Estratégia

Plataformas de negócio são uma tendência?

Hoje, durante uma reunião de trabalho de um de nossos projetos aqui no Institute of Design, tivemos uma ótima discussão em grupo sobre o futuro dos negócios. Nessa discussão, chegamos a uma conclusão que talvez o mundo esteja caminhando mesmo de um modelo centrado em produto/serviço, para um modelo mais centrado em plataformas de negócio. Grandes negócios de sucesso criados recentemente, tem como base uma plataforma de negócios, gerando colaboração e novos negócios em torno desse ecossistema. Apple, Google, Amazon, TED, Facebook, Twitter, Buscapé são apenas alguns exemplos de negócios que oferecem uma plataforma que só tem valor, se alguém criar conteúdo e mecanismos de acesso a essa plataforma, beneficiando o criador da plataforma, o criador de conteúdo e acesso e, é claro, o usuário da plataforma. Vou detalhar dois exemplos – TED e Apple – para entedermos melhor o valor das plataformas de negócios:

TED = É um ecossistema com diversos “produtos”, como: videos, conferências, artigos etc. E esse ecossistema só existe e gera valor para sociedade, se alguém que está na ponto utilizá-lo e criar sobre ele, como são os TEDx. Com os TEDx, o Chris Anderson tem conteúdo sendo gerado a cada minuto em algum lugar do mundo por alguém que ele nem conhece e que agregará valor à plataforma TED. Esses conteúdos pode ainda virar livros, gerar entrevistas e desenvolver as atividades dos palestrantes. É um ecossistema onde todos ajudam a construí-lo e se beneficiam dele.
* Gosto muito desse exemplo, pois ele quebra o paradigma de que esses ecossistemas são de base tecnológica. Claro que a tecnologia ajuda, dá escala, mas o TED é todo baseado em interações físicas e reais que só depois são elevadas à uma camada virtual que dá escala para o modelo.

Apple = Sem os desenvolvedores que criam os apps, todo o ecossistema iPhone, iPod, iPad e iTunes não teria valor, e todos ganham com essa plataforma. Ganha a Apple que gera valor para os seus produtos à partir dos apps e das comissões sobre vendas na Apple Store e ganha o desenvolvedor do aplicativo que tem um canal poderoso de entrega dos seus produtos, que ele jamais teria em um modelo tradicional de negócios. Novamente, benefício para todos. Para a Apple, para o desenvolvedor, para o usuário do produto etc.

E você? O que acha desse modelo de plataforma de negócios?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s