Design Research · Estratégia

Como foi a Design Research Conference 2011?

Fiquei impressionado com o nível das palestras e dos palestrantes. Não pude assistir a todas, mas todas que assisti tocaram em pontos muito relevantes no campo da Pesquisa de Design ou Design Research. Acho que talvez a melhor palestra que assisti tenha sido a do Luis Arnal, diretor executivo e fundador da consultoria de Design e Inovação INSITUM. Ele falou de forma bem humorada sobre INSIGHTS trazendo uma grande reflexão sobre o poder que um “bom” insight tem e as barreiras que enfrentamos para conseguí-lo. Aqui vão alguns dos principais pontos da palestra dele em uma tradução livre:

“Insights não são descobertos. Insights são desenvolvidos.”

“Insights são 30% dados, 30% suor e 30% inspiração”

“Insights realmente relevantes precisam demonstrar um efeito surpresa”

Por fim ele mostrou uma matriz 2×2 que coloca em perspectiva Qualidade dos Insights x Coragem para Defendê-los. Assim pudemos entender os tipos de pessoas com as quais lidamos todos os dias quando falamos em pesquisa e geração de insights:

> Alta qualidade com alta dose de coragem = Guerreiro!
> Alta qualidade com baixa coragem = Galinha!
> Baixa qualidade com baixa coragem = Ignorante!
> Baixa qualidade com alta coragem = Jackass! (não existe uma boa tradução para português, mas eu diria que esse é o asno! Um completo idiota…)

Acredito que as palestras devem ficar disponíveis online depois da conferência. Assim que estiverem disponíveis, coloco o link aqui. Por enquanto, divirtam-se com as do ano passado: http://drc.id.iit.edu/?page_id=111

Na foto acima, em detalhe, está um painel criado pelos alunos aqui do ID onde você encontra o seu crachá do evento e pode anexar seus interesses. Achei a idéia incrível porque fica fácil de conhecer as outras pessoas que estão no evento e os assuntos de seu interesse! Isso é HUMAN-CENTERED DESIGN! 🙂

Anúncios

8 comentários em “Como foi a Design Research Conference 2011?

    1. Oi Eduardo,

      Vocês estão com palestrantes de peso no evento. Gostei muito! Conheço pessoalmente o Brian Rink da IDEO. Tenho certeza que ele fará uma palestra incrível sobre design centrado no ser humano. Ele é um expert em relações humanas e uma das pessoas mais empáticas que eu já conheci!

      Bem, sobre o painel, aqui vai como ele funciona:

      Foi feito um painel com o nome de todos os participantes, organizado por ordem alfabética onde você podia retirar o seu crachá com nome/empresa e embaixo do crachá havia uma cópia do mesmo. Tanto no crachá, quanto no painel havia um espaço para você escrever sobre o que você está interessado em falar – “Vamos falar sobre ……………………………………”. Assim você pode ver todo mundo que está no evento e quais os seus interesses e fica mais fácil de procurar as pessoas para conversar.

      Não fizemos isso aqui, mas aqui tem algumas outras idéias que podem te ajudar:

      – Deixar um espaço no painel, ao lado do nome da pessoa, para que ela deixe um bloquinho de seus cartões de visita. Assim, alguém que não teve oportunidade de conversar com ela pessoalmente no evento pode retirar um cartão de visita e eles conversarem mais tarde fora do evento.

      – Criar alguns assuntos “padrão” e criar cores para identificá-los como por exemplo: sustentablidade, urbanismo, artes plasticas etc. E assim você cola no seu crachá adesivos com as cores dos assuntos do seu interesse. Com isso você pode identificar facilmente quem tem as mesas cores que você para conversar.

      – Outra idéia é criar mesas moderadas por alguns dos palestrantes para que as pessoas interessadas naqueles assuntos possam conhecer e conversar com outras pessoas sobre aquele tema. As mesas podem funcionar com um modelo Pecha Kucha em que os participantes da mesa tem 3-5 minutos para apresentar uma idéia e as pessoas podem discutir em cima. Dá para fazer isso nos breaks ou no almoço.

      Espero ter ajudado.

      Muito sucesso para vocês aí no evento! Se eu estivesse no Brasil, com certeza, estaria presente.

      Abraços.

      Mello

      1. Poxa Mello, muito obrigado por tantas sugestões! Vou compartilhar todas essas ideias com a equipe para decidirmos o que fazer!

        E obrigado por me apresentar ao Luis! A ideia do mural é muito boa, vou conversar a respeito com ele.

        Abraços!

  1. Oi Mello,

    Leticia and I did the the check-in wall. Happy to share our (painful) experience! It took daysssss!!!! But it worked great, don’t you think?
    Luis

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s